Esta é a pergunta de 1 milhão de dólares! Qual é a melhor massa de biscuit do mercado? Com o aumento do número de marcas de massas de biscuit e também com o fenômeno da multiplicação de artesãos lançando massas de biscuit com marca própria (que na verdade na grande maioria dos casos se refere a uma fábrica embalando sua massa com outro rótulo para que o artesão venda como sua) há uma grande dúvida hoje sobre qual massa de biscuit é a melhor para trabalhar.

Nós aqui no Atacado Beija Flor comercializamos 4 marcas de massas (quando esta matéria foi escrita, com o passar o tempo isso pode variar para mais ou para menos) e podemos dizer com muita propriedade que não existe uma massa de biscuit melhor no mercado. Dizer qual é a melhor é algo muito subjetivo e fica complicado até de comparar uma com a outra devido a vários fatores. Conversando com nossos clientes notamos que há uma ligeira preferência para a Massa Fox, o que não significa que ela é a melhor, apenas que há mais clientes satisfeitos recomendando a Massa Fox.

Outro detalhe que temos que levar em consideração é o fato de que nem todos os artesãos gostam do mesmo ponto de massa, uns gostam de massa mais mole e outros de massa mais dura. Esta questão é bem pessoal mesmo. Em geral notamos que os biscuiteiros que trabalham com uma modelagem mais fina como bonecos grandes e expressões humanas, por exemplo, preferem uma massa mais dura, pois acabam variando menos durante o processo de secagem e retração, mantendo mais a modelagem original. Já os artesãos que trabalham com peças menores, lembrancinhas, chaveiros, peças modeladas com auxílio de formas e cortadores ou mesmo bolos cenográficos acabam optando por uma massa mais mole, pois acaba sendo um trabalho com uma “leveza” maior. Mas volto a repetir, isso é apenas uma percepção, pois cada artista tem seu gosto pessoal para massa.

Há alguns quesitos que são básicos e fundamentais e que deve ser observado na qualidade da massa a ser utilizada. A massa tem que apresentar cor e textura uniforme, sem “grumo”, pelotas, bolinhas ou pontos de massa mais mole e outros pontos mais duros. A massa também não pode apresentar sinais de bolor ou ações de fungos, pois uma boa massa tem em sua composição componente fungicida. Todas as principais marcas do mercado já superaram estas dificuldades, caso você compre uma massa de biscuit com algum destes problemas volte na loja e reclame, tenho certeza que a loja irá trocar para você.

Como citei acima no Atacado Beija Flor é possível se encontrar 4 marcas de massa:

Massa de Biscuit Fox: A Fox divide hoje em dia a liderança da preferência dos biscuiteiros profissionais com a Polycol. É uma massa de excelente qualidade e podemos dizer é uma das massas mais duras dentre as quatro (e é exatamente isso que a faz ser preferida de muitos artistas). Outro ponto bastante positivo da Massa Fox é a cartela de cores que a Fox possui, tem realmente uma variedade muito legal com cores para todos os tipos de peças. A Fox tem feito várias reestruturações na empresa e está atravessando um processo de mudança de marca, passando a se chamar Pejumel. E é possível que você já encontre algumas embalagens com o novo nome.

Massa de Biscuit Polycol: Das massas que trabalhamos hoje, a Polycol é a que tem mais tempo de mercado. Uma massa com textura um pouco mais mole. Como dissemos acima, divide a liderança do mercado com a Massa Fox. A Polycol tem, além da massa, uma linha de formas de biscuit bem interessante que conta com modelos desenvolvidos por grandes artistas do biscuit como Fabi Simonetti, Bia Cravol, Diego Dutra, Neia Silveira, Rosselita Leal, entre outros.

Massa de Biscuit Inkway: Com uma nova proposta a Massa Inkway tem ganhado muitos adeptos rapidamente. A Massa Inkway chegou com uma massa livre de Formol (um elemento químico que acaba causando alergia e ressecando as mãos de muitos biscuiteiros), secagem mais rápida, menor nível de retração (toda massa de biscuit se retrai durante seu processo de secagem, ou seja, diminui um pouco de tamanho) e cores sólidas (algumas massas de biscuit apresentam cores translúcidas, ou seja, é necessário misturar com massa branca para que a massa não tenha aspecto quase transparente na superfície). Estas características de cores sólidas é novidade, pois se consegue trabalhar com a cor original, sem ter que “clareá-la” com massa branca.

Massa de biscuit Acrilex: A Acrilex é líder no segmento tintas para artesanato e produtos para papelaria no Brasil. Uma indústria nacional bem tradicional e muito competente. Na linha escolar eles já trabalhavam com massa de modelar há muito tempo. No final de 2016 lançaram uma linha de massa de biscuit com foco principal nas listas escolares de muitas escolas que acabam pedindo a massa de biscuit como material pedagógico. Mas a procura acabou aumentando e eles também miraram no mercado de artesanato, lançando embalagens maiores. Poucos artesãos profissionais utilizam massa Acrilex, mas entre os artesãos amadores ela tem se popularizado e ganhado adeptos, pois acabam sendo encontrada tanto em lojas de artesanato, como em papelarias.

Esperamos aqui ter ajudado a conhecer um pouco mais sobre as principais massas de biscuit do mercado e agora gostaríamos de saber de vocês: qual a sua opinião sobre estas massas? Concordam com a nossa postagem? Tem algo a acrescentar? Tem algo errado ai? Que massa vocês usam? Contem pra gente! Queremos saber a sua opinião.